Entrevista #17


Depois de um tempinho de férias (rsrsrsrs), a sessão de Entrevista retorna.
Hoje, com prazer, trago a entrevista com a super simpática autora parceira, Eliane Quintella.Cujo livro Pacto Secreto foi resenhado aqui no blog.
Confiram!!!





SnL) Conte um pouco sobre você
E.Q.: Eu amo escrever. Comecei assim que aprendi e nunca parei. Eu sempre soube que queria ser escritora. Eu acredito mesmo que essa vontade já nasceu comigo. Escrever para mim é sempre um grande prazer. É o amor da minha vida. Desde pequena escrevia poemas e contos e nunca parei. Logo cedo me entristeci quando descobri que não havia uma faculdade na qual eu poderia me formar escritora. Sabia também que grandes artistas que eu admirava tinham se formado em Direito e eu sempre tive um lado idealista. Foi assim que ingressei na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo em 1994 para cursar Direito. Me apaixonei pelas aulas. Aliás, as aulas das ciências humanas em geral sempre me fascinaram. Gostei tanto que, tão logo me formei, já prestei prova para cursar mestrado na mesma Universidade. Passei! Assim, em 1999 já estava fazendo mestrado também em Direito na PUC/SP. Sempre trabalhei com Direito, que é uma das paixões da minha vida, mas eu sabia que não era meu grande amor, que sempre foi escrever. Tive paciência. Esperei a chance ideal para escrever um livro. Escrevi. Segurei a onda, apesar da minha vontade ser de pedir demissão no dia seguinte à conclusão do livro, mas tive calma para refletir a respeito, conseguir publicar o livro e, somente após ter certeza de que era o que eu mais queria fazer, largar minha carreira jurídica para me dedicar somente à escrita. Não fiz isso logo de cara, pois sabia das agruras da vida de escritor e porque Direito, especialmente o Direito utópico que estudamos na faculdade, sempre me encantou. Hoje acredito que tudo aconteceu na hora certa.

A respeito das minhas características pessoais, eu acredito que sou sincera, honesta, sigo minha consciência, vivo conforme minhas próprias regras e convicções, para mim a pior traição é aquela que fazemos contra nós mesmos, sou fiel aos meus verdadeiros amigos, reconheço o mérito de quem merece e o valor de quem merece e acredito que essa seja a verdadeira justiça, sou corajosa, adoro desafios, sou perseverante, não gosto de desistir, desistir para mim é derrota, vou atrás do que quero e acho que sou responsável pelo meu próprio destino. Eu odeio pessoas que culpam aos outros ou às coisas por sua própria infelicidade, acredito que temos nosso destino em nossas mãos e que bancar a vítima da situação somente atrasa nossa própria vida. Meu lema é pare de reclamar e lute. Acho que isso resume um pouco de quem eu sou.

SnL) O que a levou  a escrever. 
E.Q.: Minha vontade, é a verdadeira resposta. Eu realmente amo escrever, é o que mais gosto de fazer. Se eu fosse cem por cento racional, eu não teria largado uma carreira sólida, que eu tinha como advogada, para me arriscar, como me arrisquei para ser escritora, uma profissão, que sabemos muito bem, é bem complicada e repleta de obstáculos.

SnL) É possível um autor nacional viver somente de sua literatura. 
E.Q.: Faz poucos meses que larguei tudo para me tornar em tempo integral escritora, por isso é ainda muito cedo para eu lhe dizer se conseguirei realmente viver da literatura ou não. De qualquer forma, temos alguns exemplos inspiradores como André Vianco, Talita Rebouças, entre outros. Tenho em mente que devo lutar sempre pelo que realmente quero.

SnL) Qual ou quais livros você escreveu em que você está mais presente. 
E.Q.: Por enquanto, eu só escrevi a saga da Valentina, e dos TRÊS livros da saga apenas PACTO SECRETO foi publicado. De qualquer forma, em nenhum deles eu apareço realmente, é claro, que pedaços do que vivemos, do que pensamos e, principalmente, do que nos inspira aparecem nos TRÊS livros, o que é natural já que fui eu a criadora dos TRÊS livros. Assim, é apenas nesse aspecto que eu apareço. Não apareço no formato de algum personagem.

SnL) Qual dos seus personagens você mais gosta. 
E.Q.: Essa pergunta é difícil, pois acabamos nos apegando a todos nossos personagens, mas acredito que eu gosto mais da Valentina, já que ela foi muito inspirada em heróis e outros personagens que eu admiro, por sua força, perseverança, liberdade de pensamento, amor à família, coragem, entre outras qualidades admiráveis.

SnL) Qual ou quais livros te levaram a escrever. 
E.Q.: É uma influência que vem da minha infância. Tão logo eu aprendi a ler e a escrever, já me apaixonei pelos livros e pela escrita. Passava minhas noites lendo entusiasmada com um universo muito maior do que o meu. De todos os livros que eu li, os de suspense foram os que mais me cativaram, mas é até injusto dizer isso, pois por qualquer livro bem escrito e inteligente, não importa o gênero, eu realmente me apaixono.

SnL) Qual gênero literário você mais aprecia 
E.Q.: Como eu disse na resposta anterior, meu fraco é por suspense.

SnL) Diga-nos qual seu autor favorito. 
E.Q.: Eu sou alucinada pela forma com que a Clarice Lispector escreve.

SnL) Que mensagem você espera passar ao escrever um livro. 
E.Q.: Eu quero que meu leitor tenha horas agradáveis no universo que eu criei e que ouse e tenha coragem de raciocinar diante dos dilemas vividos pelos meus personagens.

Eu quero agradecê-la por sua entrevista especial e agradecer pela incrível parceria. Desejo contar com você para toda saga. Aos meus leitores, aqueles realmente meus, eu agradeço sempre e mando lembranças queridas dos momentos especiais com que eles me presentearam.

Sou eu quem agradeço Eli. 
Ah! E pode contar comigo sim, pois adorei o 1º e já estou ansiosa pelo 2º (Prazer Secreto).
E aí, o que acharam?
Bjos!!!

3 comentários :

  1. Adorei a entrevista ^^
    E adorei o que ela falou "a pior traição é aquela que fazemos contra nós mesmos" =D
    Estou louca para ler Pacto Secreto!
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Espero o dia em que os escritores brasileiros possam viver de seus escritos. E acho até que esse dia não está muito longe. Amei a entrevista. Bjks

    ResponderExcluir
  3. Amei a entrevista pois é bem interressante sempre baixo entrevista no meu pc para ter conteudo pra mim escrever no meu blog ou no meu twiter pois e bem interresante saber o que as pessoas pensam atravez de pessoas que fazem intrevistas .Sempre estou bem antenadas com propagangas novelas pra dar dicas de moda ou gafis que pessoas cometem ...

    ResponderExcluir

Quero saber o que tem a dizer... um olá, um argh...tudo que me faça te conhecer um pouco mais.