E as estrelas, quantas são? - Giulia Carcasi

Hoje a resenha é do livro E as estrelas, quantas são? que pedi à Editora Planeta, parceira do blog, para me enviar, e a Fernanda super atenciosa, me enviou.
Confesso que estava louca para ler esse livro e não me decepcionei.

Edição: 1
Editora: Editora Planeta
ISBN: 9788576656012
Ano: 2011
Páginas: 272
Tradutor: Letícia Martins de Andrade
Um livro diferente. E diferente, não quer dizer ruim, na verdade, o livro é uma delícia.
Há as duas versões da história de Carlo e Alice. Cada um conta a sua. Um livro poético, que fala do amor em todas as suas formas e como o compreendemos aos 18 anos. Fala sobre família, amigos, amores, escola e futuro. Todas as nossas dúvidas dessa idade em que estamos deixando a "adolescência" e seguindo para a vida adulta.
Sinceramente, não consigo colocar aqui as sensações que tive ao ler o livro. Realmente nos emociona, pois sabemos que tudo pelo que passam é plausível. Você já passou ou ainda passará por isso. Eu, como acho que não cresci ainda, adoro esse tipo de romance.
Alice é uma "cdf" que vive no "mundo da lua". Carlo é um cara lindo e estranho, também "cdf", que não se enquadra nos "padrões normais", e desde que se viram os dois se deram bem, apesar de terem trocado poucas palavras.
Ele a vê como uma "sonhadora" e ela o vê como "transparente", o tipo de pessoa que fala só com o olhar.
É tipo um livro vira-vira, de um lado a história de Carlo e do outro de Alice. São eles quem dedicam o livro, como se realmente eles quem tivessem escrito.
Eu comecei por Carlo e aconselho a fazer o mesmo, pois o da Alice, vai além do final de Carlo. E, apesar de você começar o outro livro sabendo o final, você não conhece essa nova visão, e sofre e sonha novamente com ela.
Não há mais nada a ser dito a não ser: Recomendadíssimo.

Sinopse:
Em “E as estrelas, quantas são?”, a italiana Giulia Carcasi aborda o universo juvenil de personagens que descobrem a amizade, o amor, o sexo e tateiam o caminho de passagem para a vida adulta. Ela conta essa história a partir de dois pontos de vista: um feminino e outro masculino, no livro dividido em duas narrativas. Duas vozes contam a mesma história, dois prismas, dois corações. Tudo brota de um modo arrebatador durante a fase de mutação entre o final da adolescência e o começo da vida adulta. E a jovem escritora italiana Giulia Carcasi optou por narrar esse período da maneira mais intensa possível: são os dois protagonistas que contam, em primeira pessoa, o seu cotidiano – o que traz contornos realistas ao romance. São questionamentos, dilemas de amor e muitas descobertas que recheiam o livro E as estrelas, quantas são? É o leitor quem decide se vai desbravar a trama a partir da visão de Alice ou de Carlo. Ela é sonhadora, inteligente e criativa, enquanto ele é sensível e procura o seu lugar ao sol entre a turma da escola. Na história romântica, os relacionamentos assumem vários formatos. Alice e Carlo se tornam amigos e cúmplices. Mas a princípio são seduzidos por outras pessoas. Alice se apaixona por Giorgio, que segue o estereótipo do menino bonito da escola, enquanto Carlo se envolve com Ludovica, que também se enquadra na ala mais popular, porém superficial. Além de acabar descobrindo a traição de Giorgio, Alice também tem de encarar o divórcio de seus pais. Carlo sempre está a seu lado, primeiro como amigo e depois como namorado. E é depois que as aulas acabam que os dois vivem juntos um intenso verão. O texto repleto de diálogos coloca o leitor bem no centro da atmosfera juvenil do colégio. Como autora italiana, Giulia não poderia deixar de fazer algumas referências a grifes e marcas de carros – a moda e os carrões são paixões nacionais. Até letras de música aparecem para expressar os conturbados sentimentos dos personagens, cuja expectativa pela primeira experiência sexual é uma das maiores inquietações.


Fica a dica
Bjos!!!

12 comentários :

  1. ahhh adoro esse tipo de romance *-* me lembra os dezoito anos CERTEZA!!!
    =)

    Adorei a sinopse =) fiquei interessada

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha *-*
    Deve ser super diferente =O
    E fala também das decisões que tomamos aos 18 anos? para mim não faz tanto tempo assim, quase 2 anos =P Mas me sinto ainda com 18 -.-' é difícil mesmo.
    Agora que eu quero ler =O vou á falência -.-
    Bjus =*

    ResponderExcluir
  3. Parece mesmo muito lindo, fiquei super com vontade de ler. Sem falar que o livro é italiano e amo isso. *__________*
    Pelo menos uma experiência fantástica já tive com o Federico Moccia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Adorei!!
    A parte em que você diz que "há duas versões da história" me deixou com muita curiosidade para ler o livro =)

    ResponderExcluir
  5. Deia, adorei a resenha, já fiquei querendo o livro!
    Entrou pra lista. :)

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  6. LIVRO INTERESSANTE AMIGA!!!!!
    DEIXO-TE UMA MENSAGEM ESPECIAL PARA UMA PESSOA ESPECIAL:
    Distâncias não existem quando a temos junto a nós
    Ultrapassa mil fronteiras, seu poder? Transcendental
    É o som de quem não ouve e do silencioso, ela é a voz
    É o consolo dos aflitos, luz da escuridão, infinita e imortal

    É divina criação, com ela se tem para sempre um irmão
    União de várias vidas. Tem por lema a lealdade
    Semente plantada com amor no fundo do coração
    Essa é a verdadeira descrição da mais perfeita amizade


    “O que é um amigo? É uma única alma habitando dois corpos”
    (Aristóteles)
    BEIJOS ESTALADOS DA GIZA!!!!

    ResponderExcluir
  7. Que linda postagem amiga!!!!
    eu simplesmente amei!!!
    Beijos
    http://amorimortall.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Ah, fiquei morrendo de vontade de ler...sério mesmo!
    beijos

    ResponderExcluir
  9. quanto ta?
    onde posso achar?
    to doidinha por ele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprei na Saraiva por 23 reais, mês passado.

      Excluir
  10. Acabei comprando e me apaixonando pelo livro!
    Acabei fazendo resenha também! Olha lá>
    http://by-my-self.blogspot.com.br/2012/07/livros-e-as-estrelas-quantas-sao-giulia.html#more
    Beijos!

    ResponderExcluir

Quero saber o que tem a dizer... um olá, um argh...tudo que me faça te conhecer um pouco mais.