Novos parceiros no blog...

Segunda-feira, primeira do mês de maio. Um mês muito especial pra mim, pois é aniversário do blog e eu espero conseguir colocar todos os meus planos em prática...Aguardem!!!
Agora vamos a apresentação dos parceiros...


* Lacrimosa - Helton Cenci

Iracundo, Invídia, Glutona, Mão-Fechada, Filáucia e Osolhugro.
Não se esperava encontrar essas criaturas naquele bosque. E se Lacrimosa foi surpreendida por aqueles estranhos habitantes do Bosque das Lágrimas, ela própria foi uma surpresa para Ludovico. Com ela, o futuro flautista aprenderia, apesar de suas dificuldades, a ser mais confiante, a vencer seus medos e a nunca desistir de correr atrás da realização de seus sonhos.
Por meio delas, Lacrimosa havia conhecido algumas das paixões humanas, vícios contrários a qualquer virtude. Os habitantes do bosque eram a representação dos defeitos da alma humana. Mas para todo defeito, todo vício, existe uma qualidade ou virtude que se lhe contrapõe. Assim, todas as criaturas acabariam aprendendo com as virtudes de Lacrimosa. Para ela, o encontro com aqueles animais tinha sido uma surpresa desagradável no início e que demonstrou ser um aprendizado no final.



Helton Cenci nasceu em Dr. Camargo, Paraná, em 1972. É filho de catarinense, neto e bisneto de gaúchos. Formado em Geografia, servidor público federal, trabalha e reside no Rio Grande do Sul há vários anos. É membro da Associação Gaúcha de Escritores. Começou a escrever contos em 1996, gênero no qual obteve várias premiações em concursos literários. Já com o romance infanto juvenil Lacrimosa, ainda inédito, foi menção honrosa em 2004 nos Prêmios Literários Cidade do Recife, segundo lugar em 2008 no “Prêmio Literário Cidade de Conselheiro Lafaiete”, e primeiro lugar em 2009 no “Prêmio Monteiro Lobato” da União Brasileira de Escritores (UBE-RJ). Também foi finalista com medalha de prata em 2004 no “Premio Letterario Internazionale Maestrale-San Marco/Marengo d’Oro – Ottava edizione”, da Itália, na categoria autores estrangeiros, com outro romance de sua autoria.


* Inutaoshi - R.A.M.P. (Robson André Mendes Pacheco)


Durante três anos investi meu tempo e dedicação para a conclusão de um projeto pessoal, até finalmente completar um romance baseado em uma longa pesquisa sobre a civilização medieval japonesa, contextualizado no século XI. Durante minhas pesquisas, encontrei dados históricos sobre alguns personagens com grande força no folclore japonês e decidi utilizá-los misturando suas façanhas com personagens e fatos fictícios, atitude abordada por vários autores premiados que admiro e, para mim, são referências, como: Bernard Cornwell, Conn Iggulden, Willian Napier e Steven Pressfield, dentre tantos outros. Procurando enriquecer o livro, traços da cultura japonesa, que tanto se contrasta com a nossa cultura ocidental, foram utilizados. Nesse mesmo intuito, um glossário com termos japoneses e uma rica nota histórica também estão inclusos. A nossa aventura se encontra no início do shogunato de Kamakura, a conturbada era medieval japonesa. – A escolha do período Kamakura aconteceu porque nessa época sucedeu a consolidação da política dos samurais e também porque nessa época viveu um dos mais famosos heróis da história nipônica: Minamoto no Yoshitsune. – Após perder toda a sua família de uma forma trágica, Enokami vê sua vida se transformar drasticamente e só encontra na vingança um meio de seguir em frente. Seu inimigo é Yoritomo, chefe do Clã Minamoto e um dos líderes mais poderosos do Japão Medieval. Uma rixa de sangue que só terminará com o julgamento das suas espadas. 
Robson André é cirugião dentista de natal- RN. Escritor estreante, sua paixão por romances o incentivou a escrever este primeiro volume da série Crônicas Medievais Japonesas...




 Confiram o Book trailler de Inutaoshi



E aí...gostaram?
Em breve resenha...
Bjos!!!

2 comentários :

Quero saber o que tem a dizer... um olá, um argh...tudo que me faça te conhecer um pouco mais.